Georadar

O Georadar (ou Ground Penetrating Radar – GPR)  é um sistema electrónico com a capacidade de investigar terrenos e estruturas construídas, com notável detalhe, utilizando a reflexão das ondas electromagnéticas produzidas pelo sistema.

georadar
 Aspecto de um georadar

Este é um equipamento de prospecção geofísica não destrutiva, o que significa que o seu uso não implica qualquer perfuração ou destruição de matéria. É vantajoso também pelo facto de poder ser aplicado em situações que impedem a utilização de meios pesados de prospecção directa ou mesmo de outros métodos de prospecção geofísica.

Entre outros usos, o georadar da LabGeo – Engenharia e Geotecnologia pode ser aplicado na detecção e identificação das seguintes estruturas:

  • Estruturas rochosas e solos (camadas de solo, rocha, aterros);
  • Cavidades e fracturas (grutas, fendas, abatimentos);
  • Águas subterrâneas (níveis freáticos, infiltrações de água);
  • Estruturas enterradas (tubagens, condutas, cabos);
  • Estruturas construídas (espessura/estado de pavimentos, paredes, armaduras);
  • Elementos arqueológicos.

Dependente do meio e antena utilizada, o georadar da LabGeo – Engenharia e Geotecnologia poderá alcançar e identificar estruturas situadas desde milímetros à dezena de metros.

O resultado da análise efectuada traduz-se num perfil da estrutura ou subsolo analisado, que permite, dessa forma, averiguar as situações acima descritas.

graficos_georadar
 Exemplo de output de georadar (sem processamento)

A LabGeo – Engenharia e Geotecnologia disponibiliza serviços de georadar para avaliação do subsolo e estruturas construídas sem recurso a métodos destrutivos. Mediante marcação, são efectuadas demonstrações nas instalações da empresa (ver contactos).